Criar uma marca do zero e fazer com que ela se consolide no mercado não é tarefa fácil. Mais do que empenho, é preciso dedicação para que a empresa cresça e ganhe espaço entre a concorrência. Depois disso, os esforços se concentram em continuar oferecendo um serviço de qualidade ao consumidor, de modo que a marca seja lembrada e querida.

Mas, nada se constrói do dia para a noite. Ana Cláudia Alves, proprietária e CEO do Grupo Rainha do Vinte, sabe bem disso. Ela, que começou com uma boutique de roupas femininas em um dos cômodos de sua residência, hoje é dona de uma das lojas mais conhecidas de Teresina.

A empresa completará quatro anos de existência em fevereiro de 2021, mas já coleciona exemplos de empreendedorismo, perseverança, determinação e comprometimento com o consumidor. “A Rainha do Vinte é uma marca reconhecida na Capital, feita para mulheres e para que elas se identifiquem. Sempre nos preocupamos em trazer o melhor da moda, independente da classe social e, hoje, a Rainha do Vinte tem respaldo no mercado e sabemos disso pelo retorno que o público nos dá”, conta a empresária Ana Cláudia Alves.

Rosália Aguiar, gerente operacional do Grupo Rainha do Vinte, explica que a marca teve um crescimento no mercado bastante significativo mesmo com pouco tempo de existência. Isso proporcionou, não somente um reconhecimento da empresa diante da concorrência, mas gerou oportunidade de emprego e renda para dezenas de pessoas que hoje integram o grupo. 

“A Cláudia começou sozinha, e, com o crescimento da marca, deu oportunidade para muitas pessoas, como para a babá das filhas dela, que começou como vendedora e agora é supervisora de loja de Timon. Atualmente, a Rainha do Vinte possui 18 funcionários e gera renda e emprego. Hoje, a Cláudia consegue trabalhar com a filha, com o marido que era caminhoneiro e agora ajuda no financeiro da empresa, com a irmã, o cunhado e vizinhos. É um negócio familiar, mas formado por pessoas que conhecem a história da empresa”, disse Rosália Aguiar.

E diante de tanto reconhecimento, veio a necessidade de registrar a marca Rainha do Vinte e torná-la única no mercado. Além disso, outras empresas com propostas de produtos e preços similares estavam surgindo em Teresina. Rosália conta que a maior motivação em registrar a marca era garantir para os consumidores que eles estavam adquirindo um produto de qualidade Rainha do Vinte.

“A Ana Cláudia é pioneira em vender roupas com esse preço a baixo custo, mas pouco depois surgiram marcas concorrentes. A Rainha do Vinte sempre quis oferecer exclusividade para o cliente, que eles tivessem a certeza que, ao consumirem uma peça Rainha do Vinte, teriam um padrão de atendimento, de qualidade e a moda com preço justo. Registrar a marca foi importante para nos posicionarmos no mercado e para as pessoas saberem quem nós somos”, pontua a gerente operacional do Grupo.

O Grupo Rainha do Vinte conta atualmente com a loja Matriz e no Grande Dirceu Shopping, em Teresina, e no Shopping Cidade Timon, no Maranhão, além da loja online com atendimento via WhatsApp. Nas redes sociais, o perfil da empresa já soma mais de 150 mil seguidores e 45 mil visualizações nos stories diariamente. 

“É um reinado, pois as clientes são apaixonadas pela marca. Hoje vendemos peças a partir de R$ 20, pois sempre tem uma cliente mais exigente ou Plus size, e nós dispomos de peças que contemplem mulheres de todos os públicos e corpos”, completa Rosália Aguiar.

Leave a Reply