A culinária piauiense é rica em cores e sabores, encantando e surpreendendo tanto os que já conhecem como os que ainda não tiveram a oportunidade de provar nossas delícias. E foi pensando em proporcionar experiências incríveis às pessoas que a chef de cozinha Lorena Dayse decidiu criar o Made in Piauí. Como o nome já diz, a inspiração e todos os detalhes vêm da nossa terra.

A chef Lorena Dayse conta que a marca surgiu da sua paixão pelo Piauí, e principalmente, pela culinária do Estado. A intenção do restaurante, segundo a chef, é levar o sabor piauiense dentro de uma caixinha. E se é para a marca ficar grudada na memória das pessoas, que tal fazer referência ao ‘feito no Piauí’. Assim, surge a Made in Piauí!

“Considerado o nome ‘Made in Piauí’ na hora de escolher a marca por ser fácil, mas ao mesmo tempo tivemos medo de ser copiado. Por isso quisemos fazer o registro de marca o quanto antes. Esse processo foi bem fácil e ter um apoio profissional foi fundamental. Recebemos ótimas referências e indicações, o que nos deu segurança para levar o processo adiante”, cita a chef.

A vida de Lorena Dayse mudou completamente desde que ela participou de um reality show de culinária, em 2019. Apesar de não ter ganhado a competição, ficando em segundo lugar, ela conquistou o público e jurados com seu carisma e criações. Durante todo o programa, Lorena sempre destacou a culinária nordestina e os ingredientes típicos do Piauí.

“Minha trajetória como cozinheira começou dentro de um reality show. Sempre gostei muito de cozinhar, mas nunca tive essa percepção de que eu poderia ter a cozinha como profissão. Eu digo que me tornei chef de cozinha quando realmente abri o Made in Piauí”, conta.

Mas os desafios não ficam apenas na cozinha. Lorena Dayse, além de comandar uma grande equipe, ainda precisa ficar à frente do seu negócio, afinal, ser empreendedor é participar de todos os processos da sua marca. Além do Made in Piauí, Lorena também comanda o Piancó Gastronomia, que é um restaurante de salão.

“Os desafios de empreender são enormes, muitos e diários. Por mais que a gente ache que a operação está tranquila, sempre aparecem surpresas e desafios. E o maior deles é nos mantermos firmes e fortes, na certeza que o que estamos fazendo é correto e que esse é o nosso caminho. Cozinhar e ter o curso de cozinheira é uma coisa, mas chefiar uma equipe e ter esses desafios todos os dias é o que nos torna realmente chef. O Made in Piauí foi o primeiro negócio que eu abri, foi quando aprendi sobre processos, gestão de pessoas, sobre o que é um delivery. Nós já abrimos sendo um sucesso, por conta da questão do nome”, relata a chef.

Com o registro de marca e a certeza de que o nome de sua empresa não será utilizado por terceiro, a expectativa agora é expandir os negócios e levar o Made in Piauí cada vez mais longe. “Pretendemos aumentar e fortalecer ainda mais o Made in Piauí, e, quem sabe, levar franquias para vários cantos do Brasil”, concluiu a chef Lorena Dayse.

Matéria produzida em parceria com Isabela Lopes (Jornalista DRT – 2055/PI)

Leave a Reply