O segmento de energia solar tem ganhado cada vez mais espaço no Piauí, especialmente pelas condições favoráveis do nosso Estado. Uma das empresas pioneiras neste ramo é a Estação Solar, que está no mercado há mais de 20 anos. Ao longo de duas décadas, o empreendimento tem se destacado pela qualidade do serviço que oferece e pelo profissionalismo.

A empresa trabalha com soluções em energia solar, tanto no segmento térmico quanto fotovoltaico, no Piauí, Ceará e Maranhão, atendendo consumidores de energia elétrica em geral, desde residencial a grupos empresariais dos mais variados ramos do varejo e da indústria.

Ludmilla Carvalho, diretora comercial da Estação Solar, conta que a empresa é formada por profissionais com vasta experiência na área de energia solar, o que possibilita um serviço de excelência

“Nossa equipe de profissionais é muito experiente e dedicada. Contamos com cinco engenheiros e não trabalhamos com mão de obra terceirizada. Nosso maior diferencial é a qualidade na prestação do serviço e um pós venda muito ativo. Costumamos dizer que é o que realmente fideliza o cliente e faz a nossa empresa crescer: não apenas fazer a instalação seguindo todas as normas de segurança, mas entender que o cliente é o nosso valor e ter esse compromisso com ele”, pontua Ludmilla Carvalho.

A trajetória da Estação Solar começou quando o mercado de energia solar ainda estava engatinhando no Estado. Na época, a empresa atuava somente na área técnica, no segmento de aquecimento de água solar voltada para rede hoteleira e edifícios residenciais. Os empreendimentos utilizavam a energia solar para substituição de chuveiro elétrico, além de atuar na parte de energia solar fotovoltaica, com armazenamento de energia em baterias. 

“Em 2012, com a regulamentação da energia solar fotovoltaica para injetar energia na rede da concessionária, o mercado deu uma alavancada, e agora podemos atuar neste segmento de geração de energia. Foi a partir daí que vimos o grande potencial da energia solar em crescimento”, comenta.

A diretora comercial da Estação Solar enfatiza que, à medida que a empresa crescia, passou a atuar no mercado de outros estados. “Vimos a Estação Solar se fortalecer e a importância de fazer o registro da nossa marca. Isso porque houve um receio da gente estar lutando, dia após dia, para tornar nossa marca forte, e, de repente, perder o direito de usá-la, então isso foi fundamental para verificar, junto à Companhia das Marcas, o registro da nossa marca, trazendo mais segurança para nossa atividade”, reforça Ludmilla Carvalho.

O processo, segundo ela, foi rápido e sem burocracia graças ao suporte profissional que recebeu da Companhia da Marcas, que acompanhou cada etapa da formalização do registro junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Além disso, a diretora comercial da Estação Solar destaca a importância deste acompanhamento para evitar que outras empresas, com o mesmo nome, fossem registradas. 

“A equipe foi fundamental para que obtivéssemos êxito em um prazo bem interessante. Não foi um processo moroso e o principal foi todo o apoio que os especialistas da Companhia das Marcas também dão após o registro da marca, pois porque já houve demanda para isso. Já tiveram duas empresas, em outros estados, que deram entrada no INPI com o mesmo nome ‘Estação Solar’, atuando no mesmo segmento. A Companhia das Marcas atuou prontamente e conseguimos, através de notificações extrajudiciais, retirar o nome dessas outras empresas do mercado, nos trazendo mais segurança e confiança de que só a Estação Solar está com a marca no mercado brasileiro. Somos extremamente gratos e ficamos satisfeitos com todo o profissionalismo que foi envolvido em todo o processo”, concluiu Ludmilla Carvalho, diretora comercial da Estação Solar.

Leave a Reply